A chama da vida e o conflito dos corpos - Artistas do Brasil

A chama da vida e o conflito dos corpos


A chama da vida e o conflito dos corpos

A batalha interna que nós pessoas trans travamos em nós mesmos desde a infância… Que depois de vencida não há vitória, há outra batalha ainda maior: a sociedade e a própria comunidade LG…bt.
Estamos sozinhos… Antes de falar de amor temos que gritar por respeito, por paz, pelo simples fato de existir na rua sem ser coagido, ir ao banheiro pra fazer xixi sem apanhar ou ser estuprado. Pois até o direito a vida isso nos é tirado.
Amor? Que amor?
Nossos corpos e “corpas” repelem.
Nossa aparência confronta.
Somos “repugnantes” para os comuns.
Dentro do “próprio vale” estamos sendo “aceitos, mas cada um no teu canto”.
Não existe inclusão.
Por mais incrível seja a alma e íntegra a pessoa.
(E ai de nós que não podemos errar).
E o corpo diferente que sofra sozinho seu conflito, enquanto a chama não se apaga precocemente.

Compartilhe!